Afinal, Pra que usamos a PNL?

Você sabe em quais contextos e situações a PNL pode ser utilizada como método de intervenção? Continue a leitura e compreenda a eficácia dessa ferramenta.

Programação Neurolinguística (PNL) é um conceito que visa compreender como nossos recursos subjetivos influenciam na aprendizagem e no comportamento. Ficou um pouco complicado, né? Vamos tentar clarificar um pouco mais. A PNL se baseia em um conjunto de técnicas e estratégias que são capazes de reprogramar o nosso repertório comportamental. Essa reprogramação acontece com base em estímulos internos, estimulados através do pensamentos ou da linguagem. Aliás, o próprios termos neuro e linguística se referem, respectivamente, aos pensamentos e à linguagem. Esses recursos cognitivos atuam como ponte entre o aparato interno e os padrões de comportamento.

Isso quer dizer que, quando tomamos uma atitude, existe todo um processo interno que a precede. Nossas crenças, emoções e verbalizações funcionam como motores norteadores e podem determinar o sucesso ou o fracasso das nossas ações. Apesar de serem padrões cristalizados na nossa mente, nós não conseguimos perceber esses modelos mentais e agimos de forma automática. Por isso temos a tendência a afirmar que agimos por impulso. Mas, por trás de uma “ação por impulso” sempre existe uma razão, ou um motivo, mesmo que não seja racional. O que nos falta é autoconhecimento para identificar esses padrões e como altera-los. É nesse ponto que entra a PNL.

Programação Neurolinguística avalia a organização das nossas emoções e de que forma elas direcionam nossas ações.  Os padrões de pensamento, a linguagem corporal e verbal são identificados pela PNL e remodelados. Entenda mais detalhadamente como funciona a PNL e como ela pode influenciar positivamente em vários aspectos de sua vida. Acompanhe nosso post e conheça todas as vantagens desse ótimo método comportamental!

AFINAL, PARA QUE USAMOS A PNL?

A PNL consiste em desenvolver estratégias para que qualquer pessoa aprenda a recondicionar sua mente. Dessa forma é possível atingir resultados com melhor desempenho e maior excelência. A Programação Neurolinguística nos ajuda a utilizar a linguagem para programar ou redirecionar cognitivamente nossa mente para atingir um objetivo específico.

É preciso entender que toda ação que realizamos são consequências dos modelos mentais que assumimos em relação ao mundo que nos rodeia. Os modelos mentais são crenças e concepções enraizadas, que se formaram com base em nossas experiências e nos ensinamentos que recebemos durante toda a nossa vida, desde a infância até a vida adulta. Tudo isso é cultivado a partir das relações com outras pessoas e com o ambiente em que vivemos. É assim que desenvolvemos a nossa visão de mundo. No entanto, algumas experiências negativas podem resultar em uma formulação mental equivocada, e os efeitos dessa formulação podem perpetuar por toda a vida.

Para deixar todos esses conceitos mais claros, vamos ilustrar com um exemplo prático muito comum. Imagine que, quando criança, você precisou apresentar um trabalho na frente de seus colegas. Na ocasião, pronunciou uma palavra errada e foi imediatamente corrigido por seu professor. Naquele momento, toda a turma riu de você. E ainda agora, na vida adulta, você sempre evita falar em público. Após aquele evento da sua infância, sua mente foi programada para que você sentisse medo de falar em público.

LEIA:  Como passar em concursos utilizando técnicas de Hipnose e PNL

Obviamente, esse exemplo demonstra uma programação que influenciou negativamente na tarefa de falar em público, certo? Para superar esse problema é preciso “reprogramar” sua mente, identificando a situação vivida e alterando os estímulos negativos. A PNL atua como método cognitivo capaz de reprogramar a sua mente para desempenhar essa atividade com mais excelência.

A PNL promove impactos positivos não somente na sua vida acadêmica, como também nos âmbitos pessoal, social e profissional.

COMO SURGIU A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA?

PNL surgiu na década de 70 nos EUA. Ela foi criada pelo psicólogo, filósofo e matemático Richard Bandler, e por John Grinder, linguista especializado em Gramática Transformacional. Eles queriam entender como agiam as pessoas que possuíam melhores habilidades e maior primor em um campo específico. Eles buscavam respostas que revelariam porque alguns têm tanto sucesso em seus propósitos, enquanto outros ficam estagnados.

O primeiro estudo de Bandler e Grinder buscou identificar os padrões de linguagem de três profissionais bem sucedidos. Eles chegaram à conclusão de que a maneira como mentalizamos os fatos é o que determina como vamos vivê-lo. Partindo de uma premissa neurofisiológica, em que todos os estímulos são recebidos e processados neurologicamente — e que esses, por sua vez, afetam nosso organismo fisiologicamente —, eles conseguiram observar que essas pessoas exploravam seu cérebro com melhor potencial. Dessa maneira, eram capazes de mostrar desempenho superior à média das pessoas em determinadas tarefas.

Após essas comprovações, os dois pesquisadores começaram a aplicar esses modelos mentais de sucesso em outras pessoas, visando resultados semelhantes. Em 1974, os precursores da PNL desenvolveram um conjunto de estratégias e princípios para efetuar a reprogramação mental. Essas técnicas preconizam o diálogo entre pensamento e linguagem (física e verbal) para modificar o comportamento e favorecer o desempenho.

BASES TEÓRICAS DA PNL

A PNL se baseia, entre outras premissas, em identificar o que são percepções individuais e o que é realidade. Isso significa que acreditamos no mundo que vemos de acordo com nossos modelos mentais. Porém, nossas concepções nem sempre são condizentes com o real. O que afirmamos como verdade absoluta abrange apenas o nosso prisma de visão. Cada pessoa reflete seu mundo subjetivo em suas convicções e em suas atitudes. Diante de um conflito, não conseguimos enxergar a situação em seu todo, ficamos limitados às nossas próprias ideologias.

Já observou que as pessoas reagem de formas diferentes aos mesmos estímulos? Em situações semelhantes, cada um tem sua própria conduta e posicionamento. Você já deve ter ouvido falar também que uma história sempre tem três lados: o meu; o seu e o lado certo.

Os princípios da PNL indicam três diferentes formas de avaliar uma mesma situação:

  1. Existe a visão do EU: os valores, ideologias e crenças que alicerçam minha personalidade, meus modelos mentais, minhas perspectivas;
  2. Há também o prisma de visão do OUTRO: eu consigo me colocar na posição dele? Compreendo seus pontos de vista? Em que grau a opinião do outro afeta minhas ações e emoções?
  3. Por fim, existe o olhar sistêmico, a visão ampla, a capacidade de compreender todos os ângulos.

A PNL acredita na mente humana como um conjunto de crenças, percepções e estímulos internos. Esse aparato mental é distribuído em níveis conscientes e subconscientes. A Programação Neurolinguística vai ao âmago da questão e busca desvendar os padrões de pensamento. Somente assim é possível encontrar a raiz dos bloqueios e da autossabotagem e reconstruir esses padrões.

Procedimentos meditativos e hipnóticos são aplicados pela PNL para facilitar o manejo dos pensamentos. Dessa forma, é possível promover a alteração da consciência e acessar os estímulos internos mais ocultos. Para saber mais sobre como funcionam os métodos hipnóticos, entenda o que é Hipnoterapia.

LEIA:  Os Artigos Mais Lidos De 2016 Sobre Hipnose, Coaching e PNL

A PNL NA PRÁTICA: COMO FUNCIONA?

Existem muitas formas de aplicar as técnicas da PNL. Esse instrumento pode fazer transformações em todos os âmbitos da nossa vivência. Agora, vamos esclarecer um pouco mais esse conceito, e entender como funciona a PNL na prática. Veja algumas dicas fáceis que podem ser treinadas no dia a dia:

  • Se comporte em congruência com suas emoções

É importante alinhar os estímulos internos com as ações externas. O corpo fala e transmite mensagens que nem sempre verbalizamos. Expressão facial, gestos, postura física e movimento dos olhos são exemplos de linguagem corporal. O tom de voz também é um recurso que às vezes diz mais do que as próprias palavras proferidas. Esses comportamentos não verbais são capazes de revelar o que estamos sentindo. Assim, também podemos aprimorá-los para ter o efeito inverso, ou seja, otimizar a linguagem corporal para melhorar o aspecto emocional.

  • Defina suas metas com clareza

Segundo a PNL, saber exatamente o que você quer é um dos pilares do sucesso. Seja exato em relação às suas metas, saiba com precisão o que está buscando e o que te faz bem. Quando se sentir confuso, questione-se: “Do que eu preciso para me sentir realizado?”. Enxergar os objetivos com clareza torna mais fácil traçar o caminho para alcançá-los.

  • Avalie as reais intenções das suas atitudes

A PNL pressupõe que por trás de todo e qualquer comportamento existe uma intenção positiva. Pare e reflita sobre quais são as perspectivas e desejos que estão sustentando suas ações. Se conseguir chegar a essa compreensão, poderá encontrar caminhos alternativos que levem a resultados mais satisfatórios. Use esse olhar para entender também as ações das outras pessoas e melhorar seus relacionamentos. Tente avaliar as possíveis boas intenções que levam o outro a agir da forma que age.

  • Seja flexível com as suas escolhas

Pare de se cobrar tanto, de se culpar tanto e de viver escravo do “Se”. “Se as coisas fossem diferentes, eu não agiria assim”. “Se eu não tivesse ido”. “Se eu tivesse feito”. Nós fazemos as melhores escolhas que podemos no momento, de acordo com nossa bagagem emocional e experiência de vida. Entenda que a situação era outra naquele instante, você era uma pessoa diferente de quem é agora.

  • Reflita sobre o seu grau de determinação

Temos tendência a lamentar e reclamar das situações como se sempre fossem irreversíveis e causadas por fatores externos. Mas, comece a refletir sobre a sua verdadeira disposição para realizar o seu melhor. Perceba se você mesmo não começa a procurar obstáculos para permanecer como está, sem agir para mudar. Cuidado, isso se chama autossabotagem!

  • Defina a felicidade como uma meta

Nós planejamos coisas demais, e temos sonhos às vezes inacessíveis. Mas a felicidade pode estar nas pequenas coisas. Sim, isso é um pensamento clichê, mas absolutamente verdadeiro. Felicidade é se sentir bem, e o bem estar pode ser alcançado apenas com pequenas conquistas. Trace um caminho para se sentir feliz todos os dias, ainda que seja por um breve momento.

  • Mentalize e verbalize suas frases sempre no positivo

Substitua expressões como “não quero me estressar hoje” por afirmações do tipo “minha paz é prioridade”. Essa simples técnica tem efeitos gigantescos nas emoções. É como se as palavras tivessem o poder de nos blindar contra as energias negativas.

  • Imagine o impacto das suas mudanças
LEIA:  Saiba Como Utilizar Técnicas de PNL Para Otimizar o Seu Aprendizado

Mesmo que sejam transformações pequenas e graduais, pense no quanto essas atitudes vão impactar na sua vida. Que ganhos você pode ter a curto e longo prazo com as mudanças de comportamento?

  • Neutralize as adversidades

Priorize a sua paz e o seu bom humor. Neutralize as emoções ruins, ignore as pessoas e situações negativas. Lembre-se que é você quem controla o que sente. Esse potencial transformador está em suas mãos.

QUAIS AS VANTAGENS DO USO DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA?

A PNL pode ser benéfica em vários aspectos da nossa vida. Ela pode nos ajudar a desenvolver:

  • Mais Autoconfiança

A autoconfiança é uma capacidade que deve ser continuamente desenvolvida, pois não é adquirida inesperadamente. Por isso, com a PNL, é possível recuperar ou aumentar a autoestima. Quando a pessoa adquire mais confiança em si mesma diante de desafios, ela os enfrenta. A falta de autoconfiança e a baixa autoestima nos dão o sentimento de incapacidade, e nos fazem recuar.

  • Melhor Domínio Comportamental

Se você possui algum comportamento degradante, que lhe traz prejuízos de alguma forma, pode utilizar a PNL. Com essa técnica, você irá aprender a modular esse comportamento, de forma a evitá-lo ou, até mesmo, torná-lo construtivo.

  • Melhor Comunicação

A PNL também pode ajudá-lo a desenvolver uma comunicação mais efetiva. Afinal, muitas das dificuldades que encontramos na comunicação são decorrentes de inseguranças ou traumas.

  • Maior Facilidade Para Resolver Conflitos

A Programação Neurolinguística pode ajudar as pessoas a lidar melhor com os relacionamentos interpessoais. Isso também ajuda a manter um posicionamento mais efetivo na resolução de conflitos.

  • Maior Habilidade Para Negociar

A PNL pode, ainda, ser muito efetiva para agregar maiores habilidades de persuasão e negociação.

  • Mais Clareza e Assertividade Nas Tomadas De Decisão

Este método comportamental ainda pode ser vantajoso para quem deseja agir de forma mais eficiente em suas escolhas finais. Definir planos de ação com clareza e assertividade também é algo conquistado com a PNL.

  • Maior Capacidade De Liderança

A Programação Neurolinguística auxilia no desenvolvimento de habilidades de liderança e, também, de auto-liderança.

  • Desenvolvimento De Hábitos De Sucesso

Com a aplicação das técnicas da PNL, fica mais fácil desenvolver uma rotina favorável para atingir resultados com excelência. Tanto no contexto pessoal quanto profissional, esses resultados são percebidos.

REPROGRAME SUA MENTE E ALCANCE A EXCELÊNCIA

Com as estratégias da PNL você pode obter mais autoconhecimento, reavaliar suas crenças, ressignificar seus valores e reformular suas metas. A PNL pode te ajudar a ter mais amplitude de visão e soltar as amarras da sua mente. Assim, você terá novas concepções sobre si mesmo e sobre as percepções do outro.

A sua subjetividade pode se transformar em um elemento norteador da prosperidade. Se você aprender a reestruturar sua mente, conseguirá se orientar para o sucesso em todas as suas realizações. Como você viu, a Programação Neurolinguística promove diversas vantagens para quem deseja aperfeiçoar os seus comportamentos. Em consequência disso, você conseguirá produzir resultados mais efetivos.

Por meio da linguagem verbal e corporal, a Programação Neurolinguística compreende nossas atitudes e emoções. O primeiro objetivo desse instrumento é guiar o ser humano à evolução pessoal, promovendo a excelência em todos os contextos. Por isso, a Programação Neurolinguística é um método indicado para todos aqueles que procuram aumentar seus níveis de desempenho, seja nas tarefas acadêmicas, pessoais ou profissionais.

E então, gostou de aprender o que é PNL? Então confira a nossa agenda e veja quando terá um curso de PNL próximo de você!

Postado originalmente em: https://hipnoseinstitute.org/blog/o-que-e-programacao-neurolinguistica-pnl/

Mude Padrões de Pensamento com a PNL

Se você mantiver o mesmo padrão de pensamento, você obterá resultados similares ao que já está obtendo, se por outro lado mudar seus padrões de pensamento obterá novos resultados. Você já parou para pensar que nosso processo de pensamento envolve questionamentos ?

Todos os dias em meios as adversidades buscamos soluções para diversas coisas. Quando nos sentimos presos à uma situação, provavelmente não temos resposta para uma pergunta que estamos nos fazendo, consciente ou inconscientemente, pode ser que esteja faltando uma ótima pergunta para se perguntar.

Fazer a pergunta certa poderia muito bem nos colocar de volta no caminho desejado. Com a pergunta correta, sua mente pode se mover em uma direção positiva que leva a soluções criativas. Há necessidade de mudar o padrão mental, os pensamentos automáticos, mude seus pensamentos e você mudará seu mundo.

Você pode ter ouvido que a pessoa que faz as perguntas é quem controla a direção de uma conversa. É verdade. As questões tendem a determinar a direção. Faça uma ótima pergunta e você estimula sua mente em busca de respostas.

Essas questões habilitadoras fazem com que o cérebro das pessoas se envolva e gere algumas respostas orientadas a resultados. A PNL Programação Neurolinguistica possui o MetaModelo, uma técnica de PNL que provoca mudanças no modelo de mundo, esta é apenas uma delas.

O Metamodelo

John Grinder e Richard Bandler (1975), inspirados na Gramática Transformacional de Chomsky (do campo da lingüística), na semântica geral (Korzybski) e também das observações das intervenções e linguagem terapêutica bem-sucedidas dos psiquiatras Fritz Perls e Milton Erickson e da terapeuta familiar Virginia Satir, desenvolveram um modelo de perguntas chamado MetaModelo.

Estes terapeutas utilizavam poderosas técnicas e padrões questionamento que traziam informações precisas de seus pacientes e com isso resultados extraordinários.

O princípio básico por trás do Meta Model é a noção de Korzybski de que” o mapa não é o território “. Ou seja, os modelos que fazemos do mundo ao nosso redor com nossos cérebros e nossa linguagem não são o mundo em si, mas apenas a representação dele”. – Dilts e DeLozier – The Encyclopedia of Systemic Neuro-Linguistic Programming and NLP New Coding, 2000.

O metamodelo possibilita remover e quebrar padrões de pensamentos limitantes, ou seja, ele expande a percepção, clarifica significados e com isso traz novas possibilidades e escolhas para que se encontre novas soluções.

Como usar o metamodelo ?

Conhecer as perguntas certas pode fazer e faz uma enorme diferença para uma melhor qualidade de vida, seja para você ou para aqueles que estão à sua volta.  Usar as perguntas certas no momento certo também faz de você um comunicador convincente e influente.

Talvez você não esteja tendo o resultados que deseja, mas será que você já se perguntou se a resposta que está obtendo é devido à pergunta que você está se fazendo ?  Se você fizer perguntas diferentes, você terá conclusões e resultados diferentes. Quanto melhor a questão, melhor o resultado.

No passado, você pode ter se perguntado: “Por que isso sempre acontece comigo?” Curiosamente, esta é a pergunta errada a perguntar, porque a resposta que você obterá conterá muitos e muitos motivos e validação para esse resultado. Se você quiser obter um resultado melhor no futuro, as perguntas a serem feitas são “Qual é o significado ou aprendizado positivo disso?” E “Como posso garantir que eu obtenha um resultado melhor na próxima vez?

Esta é uma mudança que você pode criar para si mesmo hoje! Isso é capacitador e fará uma grande diferença em seus resultados.

Para criar mudanças e melhorias em todas as áreas da vida, você precisará que você comece a pensar sobre as coisas de uma maneira nova. Efetivamente, pergunte-se perguntas diferentes para descobrir e explorar diferentes recursos.

Aqui está uma lista de perguntas que você pode aplicar para fazer essas alterações:

  • Como posso melhorar nessa [área específica]?
  • O que eu quero ao invés disso?
  • Qual é o aprendizado positivo ou o recurso que eu posso tirar de [um evento ou experiência] que me permitirá fazer isso de forma diferente no futuro?
  • Que outras estratégias posso usar para obter melhores resultados?
  • O que eu poderia fazer de diferente se quisesse ?
  • O que precisaria acontecer para eu resolver a situação ?
  • O que eu não quero fazer é o que devo fazer?

Eles não gostam de mim…

  • Quem especificamente não gosta de mim ? Como eu sei que eles não gostam de mim ? Como o fato de eles agirem desta forma significa que não gostam de mim ?

Eu não consigo fazer…

  • O que ou qual parte especifica não consigo fazer ? O que especificamente me impede de fazer? O que especificamente preciso saber ou desenvolver para fazer ?

Preciso fazer isso ….

  • O que aconteceria se não fizesse ? … Eu quero fazer ? Do que estou tentando me afastar?

Mais isto é o certo…isto é errado…..

  • De acordo com quem ? Comparado a que ?

Apenas algumas perguntas acima são questões e perguntas baseadas no metamodelo da PNL, esta técnica estruturada de perguntas contém perguntas especificas para generalizações, omissões e distorções na comunicação.

As questões de capacitação são úteis para você e para os outros ao seu redor. Fazer diferentes perguntas ás pessoas que lidera ou convive criará uma mudança positiva maciça em suas vidas, incluindo a melhoria do desempenho.

Durante o curso de PNL ou Formação Practitioner em PNL, você aprenderá uma ampla gama de poderosas técnicas de questionamento para criar resultados excelentes. Técnicas que poderão fazer com que você comece a pensar de uma maneira nova e, portanto, aumente seus resultados em todas as áreas da sua vida. Essas habilidades e poderosas técnicas de questionamento fazem parte integrante dos cursos e treinamentos de PNL onde nós o compartilhamos ferramentas, que permitirão que você substitua as questões ineficazes que você poderia ter se perguntado no passado, para novos modelos.

Ao aprender essas técnicas, você pode melhorar dramaticamente seus resultados em todas as áreas da sua vida, desde sua carreira até seu relacionamento pessoal. Se você é um gestor pense bem sobre como você está usando sua comunicação e como ela poderia ser melhor com seus liderados.

 

Post Atualmente em: https://www.institutopsique.com.br/artigos/215-mude-padroes-de-pensamento-com-a-pnl

O que é PNL

Programação Neurolinguística, ou simplesmente PNL, é muito mais do que uma maneira de falar ou de pensar positivamente, este sistema de conhecimentos, surgido na Califórnia (EUA) no início dos anos 70, e que se mantém em desenvolvimento até hoje, vem revolucionando os métodos de comunicação e desenvolvimento humano, sendo largamente procurado por pessoas das áreas de terapia, gestão de pessoas, vendas, treinamento, educação e comunicação, entre outras.

É desafiante definir de forma concisa o que é PNL, porque ela é muitas coisas ao mesmo tempo e traz resultados surpreendentes, sendo usada por pessoas com diferentes finalidades. Resumidamente, como Richard Bandler, um dos criadores da PNL, diz “a Programação Neurolinguística é um processo educacional sobre como usar melhor o nosso cérebro”.

Ela é exatamente isso. Talvez a coisa mais importante saber sobre a PNL é que através dela é possível utilizar o cérebro para alcançar quaisquer resultados que desejamos, tornando possível conseguir excelência em qualquer campo de interesse.

A PNL surgiu do interesse em compreender, descrever e ensinar modelos comportamentais e linguísticos de pessoas consideradas excelentes naquilo que faziam, e por isso também é conhecida como a arte da Excelência Humana.

Faça da sua vida uma obra de arte. Experimente o que de melhor ela tem a oferecer!

Também pode ser definida como o estudo da experiência subjetiva humana. De uma forma mais ilustrativa, podemos considerá-la como o manual de instrução do funcionamento do cérebro humano, ou seja, de como o cérebro capta e registra informações através dos 5 sentidos, de como estrutura e processa estas informações e a partir disso mantém e produz padrões de pensamentos, padrões emocionais, comportamentais e comunicacionais que se apresentam de forma consciente ou inconsciente em nosso dia a dia.

Neste manual também está contemplando orientações de como intervir nestes registros de modo a obter respostas emocionais ou comportamentais mais positivas, mudando padrões que estão limitando seu crescimento pessoal ou profissional. Com as ferramentas da PNL é possível obter as mudanças que queremos em nossas vidas de maneira rápida e precisa, e surpreendentemente sem esforço.

Um das razões que faz da PNL um conjunto de ferramentas de resultados extremamente eficientes e rápidos é que ao invés de investigar e discorrer pela vida toda da pessoa, ela age cirurgicamente, assertivamente, justamente sobre as estruturas ou registros inconscientes específicos referentes àquelas mudanças que se deseja obter, economizando-se assim tempo e dinheiro.

A PNL é hoje considerada um dos modelos mais eficientes em processos de mudanças breves e objetivas. Pode ser utilizada tanto para questões emocionalmente complexas como depressão, pânico, vícios, fobias, timidez e insegurança, como para questões comportamentais mais simples como uma dificuldade de estudar ou resistência para praticar exercícios. Mais do que um tratamento, a PNL oferece um processo catalisador de desenvolvimento pessoal em qualquer área da vida.

Além disso, a PNL também é um modelo poderoso de comunicação que traz resultados altamente positivos nos relacionamentos e na aprendizagem.

Qual é a Origem da PNL?

A PNL surgiu na Universidade da Califórnia (EUA) no início da década de 70, criada por Richard Bandler, matemático, Gestalt terapeuta e estudioso em informática, e por John Grinder, linguista especializado em gramática transformacional.

Eles estavam interessados em pesquisar o modelo de excelência de alguns dos melhores terapeutas da época: Virginia Satir, Fritz Perls e Milton Erickson.

O objetivo era identificar os padrões linguísticos e comportamentais utilizados por estes profissionais e poder aplica-los, e posteriormente ensiná-los, obtendo os mesmos resultados extraordinários. Assim seus criadores identificaram e organizaram suas descobertas em um conjunto de modelos, técnicas e princípios e deram o nome de Programação Neurolinguística (PNL):

Programação: mecanismos ou esquemas inconscientes, rotinas instaladas;
Neuro: fisiologia, emoção, sensação, 5 sentidos, representações internas;
Linguística: estrutura linguística, pensamentos, crenças, valores;

Nos anos seguintes, Leslie Cameron-Bandler, Judith DeLozier, Robert Dilts e David Gordon dariam importantes contribuições para a PNL, que teve origem a partir do trabalho terapêutico, mas logo se percebeu que ela era um modelo revolucionário que poderia ser aplicado a várias outras áreas.

Aplicação da PNL

Conquiste seu autodesenvolvimento e crescimento pessoal e profissional

As aplicações da PNL são diversas, em qualquer contexto que se deseja obter excelência a PNL pode ser utilizada. Mas ela é comumente procurada por pessoas que tem interesse em autodesenvolvimento e buscam crescimento pessoal e profissional acelerado.

É também uma poderosa ferramenta de trabalho para profissionais do comportamento humano, podendo incorporá-la com sucesso tanto em atendimentos individuais ou trabalhos em grupo.

A PNL é altamente aplicável ao mundo dos negócios, para desenvolvimento de um modelo de comunicação clara, assertiva, influenciadora e empática. Muito procurada também para o desenvolvimento de liderança, treinamentos na área de vendas e para gerenciamento eficiente de conflitos.

Post Original de http://www.apicedesenvolve.com.br/pnl/o-que-e-pnl/

TESTE

Hello world!

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start blogging!